Projeto ECA fortalece a formação cidadã de crianças e adolescentes de várias regiões de São Paulo

Já te contamos aqui que o Instituto Família Barrichello está levando o Projeto Esporte e Cidadania em Ação para novos espaços. Com essa iniciativa, crianças e adolescentes encontram um local de desenvolvimento humano por intermédio do “letramento” esportivo que começa  pelo brincar.

No mês de maio, o tema das atividades pedagógicas foi “Brincar Liberta”. Com jogos e atividades lúdicas, nossa equipe técnica contribuiu com o fortalecimento de valores, competências e habilidades que colaboram com a formação cidadã de 2.280 educandos que participam do projeto nas regiões do Centro, Lapa, Zona Sul e Interior de São Paulo.

As atividades promovidas ajudaram as crianças e adolescentes a refletirem sobre questões de cidadania, orientando na busca de direitos e dos serviços oferecidos na comunidade. O tema “Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, celebrado em todo o Brasil no dia 18 de maio, aconteceu com muita força e apoiamos a campanha “Faça Bonito” convocando toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

A Semana do Brincar também foi tema no projeto juntamente com com o Dia do Desafio, onde pudemos dialogar com os/as educandos/as através de jogos e brincadeiras, mas também ocupando espaços para incentivar a prática regular de atividades físicas e esportivas para os públicos de todas as idades.

O Diretor Executivo do Instituto Família Barrichello explica que “o brincar possibilita que as crianças se expressem livremente e facilita a conexão entre o/a  eduncando/a e o/a educador/a. A partir deste momento, se constrói uma relação de confiança de acolhimento, escuta e partilha. As crianças se sentem seguras e abrem o coração para diversos assuntos de seu mundo interior. Para isso é necessário, preparo dos profissionais para que consigam desenvolver empatia e assim criar estratégias que toquem nesses temas difíceis, mas que visam proteger as crianças de possíveis abusos”

Quer saber mais sobre o projeto ECA?

Siga a gente nas redes sociais @instituto.barrichello ou mande um e-mail para contato@institutobarrichello.org.br

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email